top of page
  • Paulo Behar

Casos Dinâmicos em Infectologia

Plano de Iniciação à Docência (PID)

Texto escrito para para acadêmicos de Medicina da UFCSPA


Por Patrick Bolzan

Bolsista do PID do Módulo de Infectologia, Disciplina Especialidades Clínicas 1 (EC1)

Interno do Programa de Internato do Curso de Medicina da UFCSPA

Caso Clínico Dinâmico em Infectologia, um print de tela



O início deste PID


Em 2021 iniciei o Programa de Iniciação à Docência (PID) sob orientação do Prof. Dr. Paulo Behar na disciplina de infectologia. O PID é um projeto que visa a aproximar os acadêmicos à prática da docência acadêmica por meio do desenvolvimento de ferramentas ou aulas para auxiliar um professor na disciplina que ministra. Desde então atuo com o Prof. Paulo Behar auxiliando-o em algumas atividades docentes e atuando diretamente com os alunos através de ferramenta que desenvolmemos.


O cerne e a primeira etapa


O cerne do PID em que participo sob orientação do Prof. Paulo é uma plataforma de casos clínicos, chamada de “Casos Clínicos Dinâmicos em Infectologia”, em que um caso clínico real é apresentado a um aluno de modo interativo, de modo que ele é estimulado a desenvolver o raciocínio clínico para resolvê-lo. Para isso, nossa plataforma permite que o aluno possa solicitar qualquer parte do exame físico que pensar como importante para o caso. Ao clicar solicitando as partes que escolheu, é apresentado ao achado daquele ponto do exame físico, seja normal, seja alterado. Por meio dessa etapa de nossa ferramenta, o aluno é capaz de desenvolver a capacidade de racionalização do exame físico voltando-o aos aspectos específicos e relevantes de cada caso, devendo refletir quanto a quais exames realizar, tornando sua prática clínica ágil e orientada ao problema. Ao fim dessa etapa, o aluno deve elaborar hipóteses diagnósticas, levando-o à segunda etapa.


A segunda etapa


Em uma segunda etapa de nossa ferramenta, o aluno está exposto a um painel em que pode solicitar qualquer exame laboratorial ou de imagem, que apresentará um resultado – normal ou alterado. Nesse momento, o aluno é então estimulado a utilizar seus conhecimentos clínicos para solicitar apenas exames necessários, sendo racional em sua solicitação. Esse é o segundo alicerce de nosso PID: a formação de médicos que preconizem pela medicina baseada em valor, reduzindo custos ao paciente, diminuindo a sobrecarga de exames ao sistema de saúde e que traga o máximo da acurácia diagnóstica ao caso clínico. Com os dados de exames associados à anamnese e exame físico o aluno então é capaz de firmar um diagnóstico sindrômico, topográfico e etiológico – estando apto, assim, a estabelecer uma conduta terapêutica.


Os números deste PID


Desde o início de nosso projeto, mais de duzentos alunos já fizeram uso da plataforma, retornando diversos feedbacks positivos. O Dr. Paulo Behar tem se mostrado um mestre muito além do aspecto médico, orientando-me com relação ao contato com os discentes, esclarecendo dúvidas de trabalho com alunos e atuando como um verdadeiro guia para minha formação como médico verdadeiramente humano e empático. Com o Prof. Dr. Paulo Behar pude aprender o verdadeiro significado das palavras de Oliver Holmes: “A medicina sabe curar às vezes, aliviar muito frequentemente e confortar sempre”.



Patrick Backes Bolzan

bolzanpatrick@gmail.com



Dicas do blog


1. Caro aluno da Infectologia, aproveita a oportunidade anteriormente sonhada, agora realidade em andamento, de poder estudar Medicina!

2. Aproveita esses anos únicos da vida para visitar pacientes ao máximo em número em qualidade. Faz visita estruturada usando as ferramentas poderosas da profissão como a anamnese e as evoluções. E ao te aproximar dos pacientes procura já aplicar os princípios de não-maleficência e de beneficência.

3. Aproveita os Casos Clínicos Dinâmicos em Infectologia!





14 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comentários


bottom of page